Santuário de Santo Expedito de Mauá

Conhecendo a igreja Católica e ortodoxa




CONHECENDO A SANTA IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ORTODOXA MISSIONÁRIA DO CALVÁRIO

Após uma longa reflexão, achamos por bem escrever esta carta acerca da legitimidade,validade,apostolicidade e canonicidade da SANTA IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ORTODOXA MISSIONÁRIA DO CALVÁRIO a fim de elucidar aos fiéis e dissipar quaisquer dúvidas que possam existir sobre a Igreja.

PORQUE SOMOS CATÓLICOS E ORTODOXOS?

Somos essencialmente Católicos e |Ortodoxos porque professamos a Fé Ortodoxa, que é a verdadeira doutrina pregada e ensinada por Nosso Senhor Jesus Cristo, e que foi transmitida pelos Santos Apóstolos aos seus sucessores e aos fiéis, e zelosamente guardada na sua pureza natural pela Santa Ortodoxia através dos séculos.
Somos Ortodoxos, porque seguimos a Santa Ortodoxia, fiéis a doutrina que observa os ensinamentos de Nosso Senhor Jesus Cristo, reverenciados e transmitidos pela Santa Igreja Ortodoxa, embora sigamos um Rito Litúrgico Católico Ocidental (Latino).
A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ORTODOXA MISSIONÁRIA DO CALVÁRIO, como verdadeira Igreja de Fé Ortodoxa reúne as quatro características que distinguem a verdadeira Igreja Cristã: é UNA, SANTA, CATÓLICA E APOSTÓLICA.

PRINCÍPIOS ESSENCIAIS DA IGREJA CATÓLICA E ORTODOXA:
01-BÌBLIA SAGRADA: Acreditamos que a fé é fundamental e necessária para que a humanidade alcance vida plena. Toda a nossa doutrina e liturgia sustentam-se na Bíblia Sagrada. Pois na Bíblia Sagrada encontramos a sã Doutrina deixada aos homens por Deus, por intermédio dos Patriarcas e Profetas, no Antigo Testamento e através dos Santos Apóstolos, no Novo Testamento.
02-OS CREDOS APOSTÓLICOS E NICENOS: Constituem a confissão de fé católica que preservamos ainda hoje, pois, escritos no tempo da Igreja indivisa(formulado nos dois primeiros Concílios Ecumênicos de Nicéia e Constantinopla), contêm os ensinamentos inalterados da Santa Doutrina da Igreja de Cristo, “sempre confessando o Pai, o Filho e o Espírito Santo como Trindade Consubstancial e Indivisível”.
03- OS SACRAMENTOS: A Igreja Católica e Ortodoxa é uma igreja que realiza os sacramentos. Professamos o Santo Batismo e a Santa Eucaristia como legítimos sacramentos diretamente ordenados por Cristo e instrumentos da graça salvífica de Deus.
“Ele quer que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento de Deus”.
1Tm 2,4.
04-EPISOPADO HISTÓRICO: A IGRJA CATÓLICA APOSTÓLICA ORTODOXA MISSIONÁRIA DO CALVÁRIO, como uma verdadeira Igreja Apostólica, possui uma autêntica, válida e legítima sucessão apostólica, através da SAGRAÇÃO EPISCOPAL RECEBIDA PELO SEU BISPO PRIMAZ, DOM VITAL RODRIGUES DE SOUZA. Professamos que a autoridade transmitida por Cristo aos apóstolos e por esses aos seus sucessores é, ao mesmo tempo, garantia e expressão da catolicidade e apostolicidade da igreja.



Uma igreja que realiza os Sacramentos.

Durante vinte séculos, a Igreja Ortodoxa manteve inalteráveis os Santos Sacramentos, que são sinais externos e visíveis das graças internas e espirituais. Para nós, o Batismo e a Eucaristia, são sacramentos indispensáveis a vida cristã.

SANTO BATISMO: A filiação a Igreja se dá pelo Batismo com água e em nome da Santíssima Trindade. Em nossa igreja celebra-se por aspersão, de acordo com os usos e costumes religiosos. Pessoas de qualquer idade podem ser batizadas em alguma Igreja Cristã. A Igreja Católica e Ortodoxa em hipótese alguma pratica o “rebatismo”, pois como nos ensina a Bíblia, há um só Batismo para a remissão dos pecados, por isso, quem recebe o Santo Batismo em nome da Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, está batizado por toda a sua vida.
Crianças podem ser batizadas independente da situação matrimonial dos pais. Qualquer pessoa, uma vez batizada tem direito a participar da Santa Eucaristia e receber regularmente a comunhão, inclusive divorciados e casais em nova união.

SANTA EUCARISTIA: Também chamada “Santa Comunhão” ou “Missa”, é o alimento espiritual dos cristãos e principal reunião pública de culto e adoração. Seus sinais externos e visíveis são o pão e o vinho consagrados por um sacerdote devidamente autorizado e legitimado pela sucessão apostólica. A Igreja Católica e Ortodoxa proclama a presença real de Cristo na Eucaristia, mas não procura explicar dogmaticamente como se dá esse santo e profundo mistério. O culto eucarístico é aberto a todas as pessoas que dele queiram participar. É também momento de ouvir o Evangelho e a homilia.

CRISMA OU CONFIRMAÇÃO: Ministrada pelo bispo, representa a maioridade na fé e confere a todo confirmado a dignidade do ministério de leigo e a plenitude dos dons do Espírito Santo. Para ser confirmada, a pessoa precisa ser batizada, ter aceito a Jesus de forma pessoal e consciente como seu Senhor e receber instrução catequética apropriada.

MATRIMÔNIO: A Igreja Católica e Ortodoxa celebra o Matrimônio de acordo com as leis do país e desde que os nubentes sejam batizados. Os divorciados podem casar-se novamente, cumpridas as determinações canônicas da Igreja. Podem ser celebrados com ou sem efeito civil.

UNÇÃO DOS ENFERMOS: Ministrada pelo sacerdote mediante a imposição das mãos a todos que se sentem abatidos física, mental ou espiritualmente. O sacerdote, se julgar conveniente, pode administrar benção com óleo consagrado pelo bispo.

PENITÊNCIA: Também conhecida como “Confissão e Absolvição”. Ministrada por um sacerdote coletivamente (durante a liturgia) ou individualmente, assegura o perdão de Deus a todas as pessoas que se arrependem de suas más ações e desejam reiniciar uma nova vida.

ORDEM: A Igreja ordena ao sagrado ministério pessoas que tenham recebido a preparação teológica para corresponder a dignidade do ministério. As ordens de diácono, presbítero e bispo são cumulativas, vitalícias e abertas a homens batizados solteiros ou casados.

O PRINCÍPIO CATÓLICO E ORTODOXO DE VIVER A VIDA CRISTÃ

A ICAOMC busca equilibrar a tradição católica com as influências benéficas da Ortodoxia Oriental. Por isso ela é, essencialmente CATÓLICA ORTODOXA e também reformada. A liturgia preserva a mais antiga estrutura de culto cristão, com grande ênfase na proclamação da Palavra de Deus.
Orientando as diferentes celebrações cúlticas não segundo uma opinião individual, mas do consenso do igreja como um todo. Para a glorificação de Deus, a igreja também da grande valor à arte sacra, ao altar, as cores litúrgicas, velas, imagens, ícones, incenso, música e a atmosfera de reverência pelo espaço consagrado à oração e culto de Deus.
Os Católicos e Ortodoxos encontram muita alegria em sua igreja, nutrindo por ela grande afeição. Na Igreja Católica e Ortodoxa encontra-se a maneira familiar de adorar, e compreendem-se participantes de uma família cristã em dois Santuários na Grande ABC.
A liberdade que Jesus nos dá, faz com que tenhamos a oportunidade de seguir o nosso caminho sem repressão religiosa, pois “todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros em espírito e fraternidade”.(Declaração dos Direitos Humanos da ONU).
Um ser dotado de espiritualidade não pode ser tratado como um simples objeto, como uma coisa. A espiritualidade garante ao homem plena autonomia interna, ou seja, a liberdade.
“Por múltiplas razões a Igreja reconhece-se unida aos batizados que se honram do nome de cristãos, mas não professam integramente a fé, ou não mantém a unidade de comunhão sob o sucessor de Pedro. Há muitos que veneram a Sagrada Escritura como norma de fé ou de vida, manifestam sincero zelo religioso, crêem de todo o coração em Deus Pai Onipotente e em Cristo, e admitem mesmo outros sacramentos e recebem-nos nas suas igrejas próprias ou nas suas comunidades eclesiais. Vários dentre eles possuem também o episcopado, celebram a Sagrada Eucaristia, e cultivam a devoção pela Virgem Maria Mãe de Deus.
A isto se junta ainda a comunhão de orações e outros benefícios espirituais, e mesmo certa união verdadeira no Espírito Santo que, também neles, opera com o seu poder santificante por meio de dons e graças, e a alguns fortaleceu até à efusão do sangue. Assim, o Espírito suscita em todos os pacificamente, num só rebanho, sob um único Pastor.” “Lumem Gentium”- (Luz dos Povos)- Constituição Dogmática do Concílio Ecumênico Vaticano II.
Para tanto, a ICAOMC elaborou 10 itens básicos que transmitem a fundamentação de seus clérigos, baseando-se sempre nas Sagradas Escrituras:
01- A ICAOMC é uma “comunitate” autônoma, pois a Igreja Ortodoxa não exclui a existência de igrejas autocéfalas e autóctones (George El Hajj, em seu livro “ A Igreja Ortodoxa no mundo”).
02- A ICAOMC crê firme e fundamentalmente em todos os dogmas da Santa Igreja Católica e Apostólica, transmitindo e divulgando em suas homilias, pregações, catequeses, conferências e palestras a genuína fé Católica e Apostólica contida nas Sagradas Escrituras, na Tradição, na Patrística, nos 07 Concílios Ecumênicos e no Magistério da Igreja.
03- A ICAOMC promove e intensifica o culto eucarístico, bem como recomenda à todos os fiéis a recitação do terço, ladainhas de Nossa Senhora e a devoção aos Santos.
04- A ICAOMC conta com bispo, presbíteros e diáconos ordenados por bispos com sucessão apostólica.
05- A ICAOMC adota um alinha pastoral catequética, litúrgica e social condizente com as necessidades atuais.
06- A ICAOMC admite que os sacerdotes podem exercer profissão civil que coadune com a dignidade do sacerdócio. O celibato eclesiástico é opcional.
07- Na ICAOMC os sacramentos são administrados após cuidadosa catequese e observação da RETA INTENÇÃO.
08- A ICAOMC empenha-se na promoção de leigos, fazendo-os participar do apostolado.
09- A ICAOMC promove retiro anual, reuniões e cursos periódicos de atualização bíblica e teológica para o clero.
10- Embora a IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ORTODOXA MISSIONÁRIA DO CALVÁRIO mantenha intercomunhão de fato com igrejas de porte e responsabilidade, abre-se ao ecumenismo apenas para pessoas ou setores religiosos bem intencionados.

Que Deus Pai, o Filho e o Espírito Santo esteja sempre convosco
E sempre os abençoe.